capa 188O corpo-texto

Coreografias do desejo e outros voleios na dramaturgia de Grace Passô; a subversão do abusador de mulheres como motivo corriqueiro na literatura; Thiago Mio Salla fala sobre pan-lusitanismo e a recepção do romance de 1930 em Portugal; O olhar, um dispositivo literário: sobre Eneida Maria de Souza (UFMG) e seu "Narrativas impuras", novo livro do Selo Pernambuco/Cepe Editora

"Parto", leitura feita por Grace Passô (Flip 2017)

card ebook geral1 1

José Castello

Everardo Norões

SFbBox by casino froutakia

Safo.de.Lesbos arte rep.internet

 

Nos inéditos deste sábado (22), três fragmentos de poemas escritos por Safo de Lesbos, com tradução de Guilherme Gontijo Flores. A autora dispensa apresentações.

A tradução faz parte do livro Safo: fragmentos completos, que será lançado a Flip 2017 pela Editora 34 em edição bilíngue.

 

*


como adoro você deve escolher jovens pro teu amor
pois não quero pra mim ter de viver velha na vida a dois

 

*

 

Multifloreamente Afrodite eterna
Zeus te fez ó roca-de-ardis e peço
deusa não permita que dor e dolo
             domem meu peito

venha aqui se um dia ao ouvir meu pranto
longe sem demora você me veio
logo que deixava teu lar paterno
             plenidourado

sobre o carro atado e velozes aves
te levaram várias à negra terra
numa nuvem de asas turbilhonantes
            na atmosfera

junto a mim no instante você sorrindo
deusa aventurada de face eterna
perguntou-me por que de novo sofro
chamo de novo

por que ainda deixo nascerem chagas
sobre o peito quem eu de novo devo
seduzir e dar aos amores? quem ó
               Safo te assola?

pois se agora foge virá em breve
se presentes nega dará em breve
se desama agora amará na hora
            mesmo que negue

venha agora aqui me livrar das longas
aflições conceda os afãs que anseio
neste peito e seja aliada nesta
                linha de luta.


*

eu desejo e muito me abraso