Divulgação

Antes da censura politicamente correta canções e contos infantis mostravam a dura realidade: “Atirei o pau no gato/ mas o gato não morreu” é uma das cantigas. A história de João e Maria começa com um ato de crueldade: Como não têm com que alimentar os filhos, seus pais os abandonam numa floresta para serem devorados pelas feras. A inglesa Angela Carter (1940-1992) dedicou-se a colecionar as versões originais de contos infantis de várias partes do mundo sob o título geral A menina do capuz vermelho e outras histórias de dar medo, publicado no Brasil pela Companhia das Letras em parceria com a Penguin Books. Com tradução de Luciano Vieira Machado, é livro para se ler e repensar. Crianças estão aprendendo a ver um mundo maquiado?

SFbBox by casino froutakia