A vida do artista plástico pernambucano Cícero Dias (1907-2003) contada por ele mesmo em coautoria com sua viúva Raymonde Dias é um dos lançamentos da Cosac Naify sob o título Eu vi o mundo, uma referência ao célebre painel Eu vi o mundo... ele começava no Recife. Sua infância no engenho Jundiá, sua amizade com Gilberto Freyre, sua vida boêmia no Rio de Janeiro ao lado de Manuel Bandeira, Villa-Lobos e Murilo Mendes, sua vida em Paris, onde conviveu com Picasso e André Breton, em meio à Segunda Grande Guerra Mundial, o exílio em Lisboa e a volta à França libertada, são alguns dos episódios de uma vida rica em experiências e produção artística. O livro traz também fotos raras e inéditas, além do figurino criado para um balé idealizado por Mário de Andrade.

SFbBox by casino froutakia