O Arquivo Nacional de Washington devolveu a Berlim dois livros do século 16, que o tenente norte-americano Robert E. Thomas levou da Alemanha no final da Segunda Guerra Mundial. As duas obras, uma de 1573, que se refere aos estatutos da Prússia, e a outra de 1593, um comentário em latim sobre direito romano, estavam juntas com milhares de livros valiosos que as autoridades esconderam em minas de sal de Hesse, cidade do centro-oeste alemão. No final da guerra, Thomas encontrou as obras na mina e resolveu levá-las com ele “como recordação”, conforme explicou. O ex-soldado, hoje com 83 anos, guardou as obras durante 60 anos num local protegido em sua casa, até resolver devolvê-las. Um dos livros foi para o museu da diocese de Paderborn e o outro para a biblioteca da Universidade de Bonn, seus donos legítimos.

SFbBox by casino froutakia