Perdendo apenas para as vendas em livrarias (primeiro lugar) e internet, a venda de livros de porta em porta, hábito antigo que muitos davam por extinto, é o terceiro canal de vendas de livros do país, mobilizando cerca de 30 mil vendedores. Em 2009, venderam-se mais de 28,8 milhões de exemplares. Entre os mais vendidos estão a Bíblia, seguida de didáticos e paradidáticos, mas outros gêneros como ficção já começam a ser comercializados. Norte e Nordeste são as áreas do país que mais compram, principalmente em regiões sem acesso a livrarias ou internet. Quem informa é a ABDL – Associação Brasileira de Difusão do Livro. Para este ano está sendo criada a campanha Toc, toc, É o livro, em mídias de massa como televisão, outdoor, jornais e revistas, com o objetivo de criar um ambiente de confiança e receptividade nos consumidores para que abram as portas de suas residências aos vendedores de livros.

SFbBox by casino froutakia