Vencedor duas vezes do Jabuti e por três vezes do Prêmio Especial da Associação Paulista de Críticos de Arte, além do amplo reconhecimento no jornalismo cultural pela defesa do livro, Álvares Alves de Faria é um dos nomes importantes da Geração 60 de Poetas de São Paulo, autor de mais de 50 livros (poesia, romance, ensaio, teatro etc). Foi também inventor do Sermão do viaduto, livro recitado em alto-falantes no Viaduto do Chá e que lhe rendeu cinco prisões pelo Dops. Agora lança O uso do punhal(Escrituras), novo livro de poemas em que intercala o desencanto (“deveria ter-me matado aos 37 anos”), com gloriosa afirmação da vida (“com minha bicicleta voadora/ atravesso as nuvens cheias de chuva/ e pedalo de encontro ao infinito”). Uma boa leitura.

SFbBox by casino froutakia