Divulgação

Um dos mais atuantes e polêmicos jornalistas políticos brasileiros, Sebastião Nery (foto) é um dos que podem com segurança ser considerados como testemunha ocular da história. E é o que prova no livro Ninguém me contou eu vi — De Getúlio a Dilma(Geração Editorial). Baiano nascido em Jaguaquara, em 1932, formado em filosofia e direito, Nery começou a militar na imprensa em Belo Horizonte, tendo depois se transferido para o Rio de Janeiro. Autor de 16 livros, a maioria sobre política, acompanhou de perto o suicídio de Getúlio Vargas, a renúncia de Jânio Quadros e o Golpe de 1964. Seu livro cobre o período de 60 anos que vai de 1953 a 2013, em que une uma prosa saborosa ao rigor das informações, tendo como trunfo principal suas opiniões sempre provocativas.

 

SFbBox by casino froutakia