“Coca para os ricos/Cola para os pobres/Coca-Cola é isso aí!” Estes versos dão bem a dimensão da poesia de Valmir Jordão, que publicou recentemente Poemas diversos pela Editora Escalafobética. Um poema longo em versos livres abre a sequência, seguido de poemas médios, sonetos e haicais. Subversiva na forma e conteúdo é poesia para gente grande que não tem medo da vida.

 

 

SFbBox by casino froutakia