Título Autor
Anjinho negro no céu do Recife Escrito por Everardo Norões | Imagem: Hana Luzia
Desencavando fantasmas Escrito por Everardo Norões | Imagem: Hana Luzia
Cantiga (e voo) do Azulão Escrito por Everardo Norões | Imagem: Filipe Aca
Os olhos acesos das janelinhas Escrito por Everardo Norões (Imagem: Hana Luzia)
A Santa Casa de Misericórdia da literatura Escrito por Everardo Norões (Imagem: Eduardo Azerêdo)
Em busca da orgia perpétua Escrito por Everardo Norões (Imagem: Filipe Aca)
Garrafas que sonham macacos Escrito por Everardo Norões (Imagem: "A garrafa de anis", de Juan Gris / Reprodução)
O dia em que Camus chegou ao Recife Escrito por Everardo Norões (Imagem: Hana Luzia)
Golias mata David (em feitio natalino) Escrito por Everardo Norões (Imagem: Filipe Aca)
O homem debulhando ametista Escrito por Everardo Norões (Imagem: Hana Luzia)
Além do rancho fundo (desafinado) Escrito por Everardo Norões (Imagem: Eduardo Azerêdo)
O poeta e o louco martelo da noite (3) Escrito por Everardo Norões (Imagem: Luísa Vasconcelos)
Dois retalhos peruanos e suas águas Escrito por Everardo Norões (Imagem: Luísa Vasconcelos)
Mortier e a dramaturgia da paixão Escrito por Everardo Norões (Imagem: Luisa Vasconcelos)
O poeta e o louco martelo da noite (2) Escrito por Everardo Norões (Imagem: Arte sobre reprodução)
Do cesto de pão ao quarto de Van Gogh Escrito por Everardo Norões (imagem: Filipe Aca)
Metáforas sobre onde canta o sabiá Escrito por Everardo Norões (Arte: Filipe Aca)
O poeta e o louco martelo da noite Escrito por Everardo Norões (Arte: Filipe Aca)
Minúsculo elogio da música Escrito por Everardo Norões (Arte: Luísa Vasconcelos)
nostálgico, sim, mas não muito Escrito por Everardo Norões (Arte: Luísa Vasconcelos)

SFbBox by casino froutakia